Contador de visitas

quinta-feira, 12 de julho de 2012

MANÍACO USAVA NOME DE DEUS PARA COMETER CRIMES BESTIAIS!!!
Pastor evangélico que estuprou, matou e queimou menina de 10 anos, está foragido
================
Imagens fortíssimas e impunidade estão revoltando o Brasil
================
Monstro foi ao velório confortar a família e fazer orações

Ex-pastor que estuprou, matou e queimou criança, está foragido- Imagens Fortes
.
Ex-pastor que estuprou, matou e queimou criança, está foragido- Imagens Fortes Ex-pastor que estuprou, matou e queimou criança, está foragido- Imagens Fortes Ex-pastor que estuprou, matou e queimou criança, está foragido- Imagens Fortes


CURITIBA (PARANÁ) - Um assassinato monstruoso cometido em outubro de 2007, em Maringá, no Paraná, vem chamando a atenção do Brasil, através das redes sociais (orkut, facebook etc…), onde estão sendo divulgadas imagens muito fortes da menina Márcia Andréia do Prado Constantino, que na época tinha 10 anos. Ela foi estuprada, assassinada e queimada pelo pastor da Igreja Assembléia de Deus (agora expulso da igreja), Natanael Búfalo (FOTO), hoje com 47 anos de idade.

A revolta ganhou as redes sociais porque o ‘monstro’ Natanael Búfalo, mesmo tendo sido condenado a pena máxima, ganhou liberdade condicional e está foragido.

Pior: ele já havia sido condenado no ano de 2001 por outro crime de estupro. Era reincidente, mesmo assim ganhou o benefício da liberdade condicional e desapareceu. Quando foi condenado em 2001, Natanael foi expulso da Igreja que era Pastor. Passou a trabalhar como manobrista na própria Igreja em que era Pastor.

O crime

Em depoimento, Búfalo disse ter encontrado Márcia por volta de 20h30min em frente da Igreja e a chamou para buscar um bolo. A menina entrou no carro foi levada para casa dele. Num intervalo de 3 horas ele estuprou e matou a criança, com uma sacola plástica. Ele desovou o corpo da vítima em uma plantação de milho, onde o corpo foi achado, após ter sido incendiado.

Por volta de 23h30min, Búfalo voltou para casa, lavou o carro, o lençol da cama e virou o colchão. O assassino ainda voltou à Igreja para ajudar nas buscas à menina. Depois de encontrado o corpo, ele ainda compareceu ao velório para confortar a família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário